Opositor Tshisekedi acolhido em Kinshasa por uma multidão de militantes

Opositor Tshisekedi acolhido em Kinshasa por uma multidão de militantes

 

Kinshasa - O opositor Etienne Tshisekedi, candidato declarado as presidenciais de 2011 na República Democrática do Congo (RDC) foi acolhido hoje quarta-feira) por uma multidão de militantes a sua chegada em Kinshasa, após três anos de exílio médico, constatou os jornalistas da AFP.

 

Tshisekedi, presidente da União para Democrática e Progresso Social (UDPS) e que fará 74 anos a 14 de Dezembro, aterrou as 14 horas e 30 minutos locais no aeroporto Ndjili, na capital congolesa, proveniente da África do Sul.

 

Vários milhares de militantes do seu partido o aguardavam desde o início da manhã, sob uma forte presença de polícias que os impediram de aceder ao recinto do aeroporto. Tshisekedi deve pronunciar um discurso na sede do seu partido essa tarde.

 

O opositor histórico ao Marechal Mobutu havia deixado a RDC há cerca de três anos por razões de saúde e residia na Bélgica esses dois últimos anos. Trajado de negro, boné sobre a cabeça, segundo uma testemunha o homem apareceu caminhando com dificuldade à descida do avião.

 

Etienne Tshisekedi havia anunciado em Agosto em Bruxelas que se apresentaria nas eleições presidenciais em Novembro de 2011 na RDC. Após ter boicotado as anteriores eleições de 2006, o UDPS participará nos diferentes escrutínios que se desenrolarão até 2013.

 

O partido, fundado em 1982, terá o seu primeiro congresso da história de 10 a 14 de Dezembro em Kinshasa. Tshisekedi havia lançado em finais de Setembro uma violenta carga contra o actual presidente congolês Joseph Kabila, eleito em 2006 e que deveria se apresentar em 2011.

 

Fonte: Angop

 


 

Comentario

Não foram encontrados comentários.

Novo comentário

Reflexão da semana

O fascínio do poder - Mia Couto

 “Sucedeu connosco o que sucedeu com todas as outras nações. A política deixou de ser uma consequência dessa entrega generosa, dessa abdicação de si mesmo. Passou a ser um trampolim para interesses pessoais”   Ser político ou ser da política representou no nosso país, durante muitos anos, um risco de peso. A canção da velha Xica, do angolano Waldemar Basto, é...
<< 1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

 

www.a-patria.com      O portal de noticias de Angola

 

 

Clique no botão Play para tocar o Ipod!

As músicas tocarão automaticamente!



 

Publicite no nosso Site!