Governo do Zimbabwe rejeita oferta de empréstimo de 50 biliões de dólares

Governo do Zimbabwe rejeita oferta de empréstimo de 50 biliões de dólares

 Harare - As autoridades zimbabweanas anunciaram hoje (quinta-feira) terem rejeitado uma oferta de empréstimo de 50 biliões de dólares americanos de uma companhia sul-africana obscura por suspeita de branqueamento de capitais.

 
A Norange Capital Markets propôs ao Zimbabwe este enorme empréstimo com um taxa de juro de três porcento reembolsável num período de 30 anos.
 
Mas, responsáveis do Ministério das Finanças indicaram que os controlos de segurança efectuados por agências zimbabweanas descobriram a implicação da Norange Capital Markets em operações de lavagem de dinheiro, o que levou o Governo a rejeitar a sua oferta.
 
Parece, segundo eles, que a empresa pretendia "lavar" o dinheiro proposto ao Zimbabwe no  quadro deste empréstimo.
 
Além das agências de segurança, segundo o Ministério, todos os responsáveis ao mais alto nível  do Zimbabwe, dos quais o Presidente Robert Mugabe, envolveram-se na decisão de recusa desta  oferta.
 
O Zimbabwe, que abandonou a sua moeda local no ano passado para as divisas estrangeiras, está confrontado com uma grave penúria de fundos agravada pelas sanções do Ocidente contra o país.
 
Ele está igualmente a bater-se para obter oito biliões de dólares americanos dos doadores e dos  investidores privados, a fim de relançar a sua economia, arruinada por 10 anos de instabilidade política.
 
A Norange Capital Markets explicou a sua oferta pela penúria de liquidez e pela necessidade de 
investir no Zimbabwe, o que suscitou as suspeitas das autoridades zimbabweanas.
 
Fonte: Angop
 

Comentario

Não foram encontrados comentários.

Novo comentário

Reflexão da semana

A Má Gestão das Empresas Públicas - Ricardo Amorim

Numa manhã do mês de Dezembro, a cidade de Almada foi surpreendida por uma chuva de peças de motor oriundas de um avião da TAAG que sobrevoava os céus portugueses, por sinal, o avião pertencia a mais recente frota comprada pela Transportadora Aérea à Boeing, portanto, tratavam-se de aviões novos.   A aquisição da frota implicou um avultado investimento público e...
<< 3 | 4 | 5 | 6 | 7 >>

 

www.a-patria.com      O portal de noticias de Angola

 

 

Clique no botão Play para tocar o Ipod!

As músicas tocarão automaticamente!



 

Publicite no nosso Site!