Balanço do registo Eleitoral apresentado à CNE

Balanço do registo Eleitoral  apresentado à CNE

 O ministro da Administração do Território, Bornito de Sousa, entregou ontem à presidente da Comissão Nacional Eleitoral (CNE), Susana Inglês, o relatório final do processo de actualização do registo eleitoral, que decorreu entre 30 de Julho e 30 de Setembro deste ano.

 
Bornito de Sousa revelou à presidente da Comissão Nacional Eleitoral que o número de cidadãos registados neste processo duplicou, em relação ao ano anterior. O ministro informou que neste momento está em curso uma análise para determinar se o sucesso do registo na fase de actualização se deveu apenas à resposta empenhada dos jovens ou porque o processo decorreu durante o Cacimbo.
 
Bornito de Sousa referiu ainda que uma das recomendações apresentada ao Executivo e que consta do relatório apresentado ontem à CNE é a de encarar a possibilidade de a partir de agora abrir a actualização do registo eleitoral no Cacimbo.
 
Outro aspecto a ter em conta, disse o ministro, prende-se com as normas e disposições constantes na Constituição relativamente ao registo eleitoral, nomeadamente as que estabelecem o registo oficioso. "Em devido tempo temos de fazer estudos e reflexões sobre os prazos e modalidades de adaptação", defendeu. A porta-voz da CNE, Júlia Ferreira, disse que, depois da recepção do relatório final vai ser feita a apreciação Júlia Ferreira informou que, no âmbito da supervisão, a CNE tem feito visitas aos postos de registo eleitoral e tem em sua posse relatórios parciais que foram feitos pelos órgãos locais.
 
A porta-voz da CNE revelou que, durante a fase de actualização do registo eleitoral, foram registados 279.860 novos eleitores, acrescentando que o passo seguinte é a análise mais exaustiva do documento.
 
Fonte: JA

 

 

Comentario

Não foram encontrados comentários.

Novo comentário

Reflexão da semana

As Artimanhas de Gbagbo - Sousa Jamba

O veterano jornalista Britânico, Richard Dowden, interrogou-se recentemente sobre a teimo­sia do líder Ivoriano, Laurent Gbagbo. Todo mundo, menos ele e os seus próximos, concluiu que o vencedor das ultimas eleições era o Allassane Ou­attara. A Comissão Eleitoral Indepen­dente tinha anunciado que o Ouattara ti­nha ganho a segunda ronda das eleições. De repente, o tribunal...
<< 2 | 3 | 4 | 5 | 6 >>

 

www.a-patria.com      O portal de noticias de Angola

 

 

Clique no botão Play para tocar o Ipod!

As músicas tocarão automaticamente!



 

Publicite no nosso Site!