Marginais utilizam espaços vedados na Ingombota como esconderijos

 Marginais utilizam espaços vedados na Ingombota como esconderijos
Luanda – O comandante da divisão da Polícia Nacional do Município da Ingombota, subcomissário Dias do Nascimento, denunciou, nesta quinta-feira, que os marginais têm utilizado locais vedados e espaços abandonados para poderem praticar os seus assaltos.
 
 
De acordo com o oficial superior, a partir destes locais realizam acções delituosas como assaltos na via pública, interiores de viaturas, bem como o consumo de drogas e prostituição.
 
 
Dias do Nascimento, prestou esta informação no final de um encontro com a administradora municipal da Ingombota, Susana Augusto de Melo, onde foram discutidos aspectos ligados à segurança pública na circunscrição.
 
 
Acrescentou que a maior parte dos escombros e locais vedados, inicialmente para efeitos de obras, então localizados na sua maioria na zona urbana da cidade, que abrange a localidade. 
 
 
Na ocasião, garantiu que as forças da ordem estão a tomar medidas tendentes a desalojar os supostos marginais destes locais, garantindo a segurança e tranquilidades dos munícipes.
 
 
Com uma população estimada em mais de 500 mil habitantes fazem parte do município as comunas da Ingombota (sede), Kinanga, Patrice Lumumba, Maculusso e Ilha do Cabo.
 
 
 
Fonte: Angop
 

 

Comentario

Não foram encontrados comentários.

Novo comentário

Reflexão da semana

Os Últimos Dias De Savimbi - José Gama

Entre os dias 4 e 8 de  Abril  de 2001,   a UNITA reuniu a sua direcção e militantes,  para reflectir estratégias naquilo que veio a ser  sua 16ª conferência partidária cuja discussão  interna  atribuía-lhe particularidades de  um congresso. O local escolhido foi a  área de saluka, na nascente do rio Kunguene, um afluente do...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

 

www.a-patria.com      O portal de noticias de Angola

 

 

Clique no botão Play para tocar o Ipod!

As músicas tocarão automaticamente!



 

Publicite no nosso Site!