A longa marcha e Revolta do Povo angolano contra o governo da mafia do José Eduardo dos Santos e todos os grupos da mafia no Parlamente de Angola para fazer acontecer a Mudança!

O FUTURO DO POVO ANGOLANO F.P.A. | 16-02-2011

Carta ao População Angolana

A longa marcha e Revolta do Povo angolano contra o governo da mafia do José Eduardo dos Santos e todos os grupos da mafia no Parlamente de Angola para fazer acontecer a Mudança!

Luanda, 31 de Janeiro de 2011

Queridas angolanas,
Queridos angolanos,
Respeitáveis Kotas, Estrangeiras residentes em Angola
Respeitáveis entidades religiosas, Estrangeiros residentes em Angola.

Vamos começar uma longa marcha e a Revolta do povo angolano contra o governo da mafia do senhor José Eduardo dos Santos e todos os grupos da mafia no Parlamente de Angola no dia 27 de Maio de 2011, apartir das 14:30 horas em toda parte de Angola.

“O melhor é comprometermo-nos com uma espécie de tolerância zero (à o governo da Mafia do Senhor José Eduardo dos Santos e à corrupção dos grupos da mafia no Parlamente de Angola” Povo Angolano, abre os olhos o MPLA ja esta no poder a muito tempo e ja estamos saturados com a sua fanta politica.

O Tribunal para o senhor José Eduardo dos Santos e todos os membros Politicos do MPLA e Amigos do José Eduardo dos Santos em Angola. Eles que matarão o nosso Nito Alvés e tantos angolanos em Angola. FPA vai levar o José Eduardo dos Santos e todos os seus amigos mafiosos para Prisão.

FPA apela à mobilização toda População Angolana contra o governo da Mafia do Senhor José Eduardo dos Santos e todos os Grupos da Mafia no Parlamente de Angola na Cidade de Luanda.

A MUDANÇA É POSSÍVEL.

Mas o mais importante é que você perceba que esta marcha e a revolta do povo angolano e do Nito Alvés só pode acontecer com a sua convicção, ajuda e participação. A democracia não cai do céu! A democracia é a sua participação activa e cidadã.

Chega de velhas músicas que o Movimento da situação nos tem tocado.
É hora de tocar a música do povo angolano.

Para Angola ser como todos queremos é muito importante que todos nos demos as mãos, caminhemos juntos e felizes para a longa marcha e a revolta do Nito Alvés em Angola, sera no dia 27 de Maio de 2011.

A democracia diz que o povo é quem manda. E o povo quer uma Angola diferente da que temos temos hoje.
Então vamos escolher novas pessoas, para termos uma Angola que todos queremos:

Uma Angola de paz. Uma Angola para todos. Uma Angola de oportunidades iguais. Uma
Angola sem medos. Uma Angola sem lágrimas. É possível. Vamos! Uma Angola feliz e próspera para todos. Uma Angola com direitos e dignidade para todos, onde cada um é respeitado e encontra a sua dignidade. Uma Angola com casas livres para todos. Uma Angola com escolas boas. Uma Angola com filhos bem alimentados e com crianças felizes, amadas e protegidas.

Uma Angola em que os mais velhos estejam seguros e sejam amados. Uma Angola sem lixo e sem doenças. Uma Angola limpa e de qualidade para todos. Uma Angola em que professors sejam apreciados e dignificados. Uma Angola com verdadeira liberdade de imprensa e jornalistas com total liberdade de expressão, rádios abertas por todo país e também comunitárias e tvs também, liberdade já! Uma Angola com saúde para todos. Uma Angola com camponeses felizes e com boa terra e qualidade de vida. Uma Angola com quadros nacionais apreciados e dignificados. Uma Angola onde todos podem fazer negócios. Uma Angola onde não exista um fosso tão grande entre ricos e pobres, mas onde todos podem e devem ser ricos. Uma Angola que de norte a sul os angolanos possam viver bem e em plano de igualdade, onde todos sorriem e estejam bem. Uma Angola com esperança, uma Angola com dignidade e confiança em si, uma Angola que todos merecemos, uma Angola que você merece.

É agora, vamos!

CONSIGO, A MUDANÇA É POSSIVEL!

Essa Angola assim tão perto, apenas precisa do seu apoio, do seu abraço, da sua acção, do seu amor. Por isso vamos organizarmo-nos, vamos marchar tranquila e legalmente para a Angola que todos queremos. Vamos na paz, na alegria, somos angolanos. Estamos emocionados, estamos cheios de força e queremos a sua participação, queremos a sua força para a Angola que todos queremos. Não tenha medo, não aceite intimidações, não esqueça os seus desejos, as suas paixões, participe com a Oposição angolana Verdadeira (F.P.A.).

Vamos, porque assim a Mudança é
possível.

O nosso momento é agora, não é mais tarde, não é daquí há uns anos, é agora, já, com muita alegria. Participe hoje. Queremos a sua emoção, queremos a sua paixão popular, somos um povo grande, somos um povo lindo, somos uma luz, juntos venceremos.

Vamos!

A Oposição angolana Verdadeira (F.P.A.) convida você a participar na mais maravilhosa marcha e campanha democrática, trabalhemos juntos, ajudemo-nos uns aos outros, nós sabemos que sozinhos não podemos realizar tão gigantesca tarefa, nós precisamos de você faça parte desta obra, precisamos da sua paixão, das suas capacidades, da sua iniciativa, do seu amor por Angola. Fale hoje com a Oposição angolana Verdadeira (F.P.A.), somos família, estamos juntos consigo. Venha fazer a Angola que você quer ver
acontecer, junte os seus amigos e familiares, vizinhos, espalhe a mensagem, vamos actuar juntos, a Oposição angolana Verdadeira (F.P.A.) está consigo, você é a Oposição angolana Verdadeira (F.P.A.), a Oposição angolana Verdadeira (F.P.A.) ama o povo angolano. Somos muitos milhares que Acreditamos – Angola merece outro Futuro, Em Oposição angolana Verdadeira (F.P.A.).

Contamos com o vosso apoio porque,

CONNOSCO A MUDANÇA É POSSÍVEL

Em representação da Revolta do povo angolano
contra o governo da mafia do senhor
José Eduardo dos Santos e todos os grupos
da mafia no Parlamente Angolana.
Maria da Silva
(Presidente da Oposição angolana Verdadeira (F.P.A.)
O FUTURO DO POVO ANGOLANO F.P.A.

O Vosso Comentário sobre a Revolta do povo angolano
contra o governo da mafia do José Eduardo dos Santos em Angola:
E-Mail: fpa.angola@googlemail.com

Novo comentário

Reflexão da semana

Os Últimos Dias De Savimbi - José Gama

Entre os dias 4 e 8 de  Abril  de 2001,   a UNITA reuniu a sua direcção e militantes,  para reflectir estratégias naquilo que veio a ser  sua 16ª conferência partidária cuja discussão  interna  atribuía-lhe particularidades de  um congresso. O local escolhido foi a  área de saluka, na nascente do rio Kunguene, um afluente do...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

 

www.a-patria.com      O portal de noticias de Angola

 

 

Clique no botão Play para tocar o Ipod!

As músicas tocarão automaticamente!



 

Publicite no nosso Site!